(19)3898-1295 atendimento@vocevencedor.com.br

Eu tenho uma pressuposição em minha vida que me torna um superador de obstáculos, acredito que somos predestinados ao sucesso e felicidade. O que que acontece é que muitos desistem no caminho e aí não vivem o seu destino de gloria.

Já aqueles que vivem seu verdadeiro potencial ou querem alcança-lo devem se tornar superadores de obstáculos, porque é assim que a vida funciona. Não espera perfeição de nós, mas sim, evolução e grande parte desta ocorre quando superamos os obstáculos que a vida nos apresenta.

Na verdade, a vida não é fácil para ninguém, mas muitos desistem da própria capacidade inata de superação e vivem à margem do que a vida tem de bom. Daí vivem frustrados, decepcionados e tristes.

Aqueles que buscam ser superadores de obstáculos quando há momentos difíceis buscam sua força interior, uma força que existe dentro de todos nós, e fazem o que precisa ser feito para seguir em frente em direção ao destino de sucesso e felicidade. Isso se chama superação!

Hoje já tenho mais de 20.000hs de atendimento em coaching, já dei palestras para 2.000 pessoas, entrevistas para muitos canais de T.V e rádio, fiz trabalhos no exterior e cada uma dessas conquistas foi uma superação. Não foi fácil, mas também não desisti, decidi, fui, fiz, enfrentei, errei, acertei, aprendi, lutei e conquistei. E, será assim minha vida inteira se eu quiser me manter em meu caminho de evolução.

Mas também já vivi o outro lado da moeda, na infância fui muito tímido, sentia-me inadequado e não gostava de mim mesmo. Sofria muito por achar que para ser aceito, aprovado e amado necessita agradar todo mundo e ser uma pessoa perfeita. Diante disso quando alguém me elogiava me sentia envergonhado e ficava vermelho, porque eu e achava uma farsa, afinal me via como feio, comum e sem brilho, e vivia dizendo para mim mesmo que as pessoas não iam gostar de mim e iam me criticar. Nesse aspecto minha infância foi triste, dolorosa, ressentida e cheia de inconformismo. Eu não me aceitava, não aceitava os outros e não aceitava o mundo. Por mais que meus pais fizessem por mim, o meu mundo exterior era preto e branco;

Mais dolorido ainda é que eu não aceitava essa condição limitante, porque eu também sempre fui um grande sonhador, sempre desejei um dia fazer diferença de alguma forma, mas ainda não sabia como, ainda mais com minha timidez. Achava-me incapaz de conseguir esse intento.

Diante dessa minha condição auto limitadora depositei todas as minhas fichas nas mãos de meu pai, inocentemente, achando que ele me faria feliz e me daria uma vida boa para sempre, já que “eu não era capaz de galgar isso sozinho”.

Mas, aos meus 14 anos tive a maior perda de minha vida, meu pai em quem eu ingenuamente havia depositado todas as minhas expectativas de futuro faleceu. Primeiramente, veio medo e a solidão, depois um sentimento de perda desoladora. Além de perder meu pai, vi meus sonhos se desintegrarem, senti-me totalmente impotente e gritei de desespero.

Mas, após enterrar o corpo de meu pai, a quem amo e sou eternamente grato, tomei uma firme decisão de honrar meu pai prometendo a mim mesmo: “eu vou fazer a diferença no mundo, vou vencer a timidez e ser alguém”.

A partir daí acionei o meu poder de superação e realizei tudo o que quis em minha vida sendo um superador de obstáculos. Esse poder de superação também existe em você. Não importa onde você parou na vida. Não importa os obstáculos a sua frente. O que importa são seus sonhos. O que importa é você. Então acredite: “ Você consegue! Você é capaz! Siga em frente! Isso só depende de você!