(19)3898-1295 atendimento@vocevencedor.com.br

A insegurança, baixa autoestima e falta de confiança podem se manifestar através de sentimentos de inferioridade, de incapacidade e de dúvidas paralisantes sobre si mesmo. Os maiores inimigos da autoconfiança são:

– Ficar apegado as experiências negativas do passado;

– Autocrítica exagerada e auto cobrança exagerada;

– Perfeccionismo, inflexibilidade e pensamento tudo ou nada;

– Diálogo interno negativo;

– Preocupação excessiva com o que os outros vão pensar;

– Ficar se comparando com os outros e inveja;

– Querer cuidar da vida dos outros ao invés de cuidar da própria vida;

– Não se valorizar e ficar focado no que falta e nos erros;

– Mimadismo e falta de maturidade;

– Evitar enfrentar desafios, situações novas e mudanças;

– Colocar-se como vítima das situações e dos outros,

– Não ter planos para o futuro e querer agradar a todo mundo;

– Ficar se culpando ou culpando os outros por seus infortúnios e frustrações.

Essas posturas citadas acima destroem a autoconfiança e tornam a pessoa muito frágil e insegura. Se você vem se comportando dessa forma reveja suas atitudes e a forma de lidar com as coisas, consigo mesmo e com os outros.

O primeiro passo para qualquer mudança bem sucedida é ter a consciência do que está fazendo de errado, então se avalie na lista acima.

O segundo passo para desenvolver sua autoconfiança é parar de fazer o que te atrapalha e começar a ter novas atitudes por decisão e treino. É como desenvolver um músculo na academia, vai ter que treinar, treinar e treinar. Somente assim se obtém resultado. Segue abaixo uma lista de desenvolvimento para quem quer ser mais autoconfiante:

– Combata os seus sabotadores, isso é, deixe de insistir nos inimigos da autoconfiança acima;

– Aja positivamente passando mais tempo com pessoas que te fazem bem e se afaste daquelas que insistem em falar mal de você;

– Peça o que deseja em vez de permitir que seus sentimentos sejam ignorados;

– Pare de carregar as mochilas dos outros, cuide primeiro de sua vida;

– Pare de usar as palavras e termos negativos, como: Nunca, sempre, não sei, deveria, culpa, tem que, deve, isso facilita a vida;

– Comece a falar suas necessidades, interesses e preocupações;

– Reduza o efeito de seus pensamentos negativos confrontando-os com a realidade;

– Fale bem de você mesmo em seus pensamentos e para outras pessoas;

– Lembre-se que as coisas que você tem medo raramente acontecem na vida real;

– Tenha um plano para o futuro que seja motivante;

– Seja determinado e humilde na busca do que você quer.

Como disse Dalai Lama: “Determinação, coragem e autoconfiança são fatores decisivos para o sucesso. Não importam quais sejam os obstáculos e as dificuldades, se estamos possuídos de uma inabalável determinação, conseguimos superá-los. Independentemente das circunstâncias, devemos ser sempre humildes, recatados e despidos de orgulho”. Pense Nisso!